Primary Navigation

Qual vidro é mais resistente, comum ou temperado?

Quando comparado placas de vidros com as mesmas dimensões (tamanho e espessura), o vidro temperado é, em média, 05 vezes mais resistente que o vidro comum. A resistência elevada do vidro temperado abrange absorção de impactos frontais e flexão da chapa. Além disso, o vidro temperado se fragmenta de maneira segura aos usuários, propriedades que classificam os temperados como vidros de segurança.

Para auxiliar no esclarecimento sobre qual vidro é mais resistente, comum ou temperado, lembramos que apesar de menos resistente que os vidros temperados, o vidro comum é indicado para participar de diversas aplicações, além de servirem como matéria base na criação de modelos de vidros distintos, sendo utilizado, inclusive, na fabricação do vidro temperado, pois no processo de têmpera, através do calor expande-se as moléculas do vidro (comum) para trazer tensão à placa.

Qual a diferença entre os modelos?

Dando continuidade ao nosso texto sobre qual vidro é mais resistente, comum ou temperado, o vidro comum é a opção disponível no mercado que oferece menos resistência, não por acaso também é o tipo de vidro mais barato. Muito utilizado em janelas e na criação de destaques decorativos, além de ser menos resistente que o vidro temperado, quando estilhaçado se fragmenta em grandes lascas pontiagudas capazes de ferir gravemente uma pessoa.

Saiba qual o vidro certo para cada instalação

O vidro temperado ganha sua resistência devido à tensão molecular da massa vítrea. Esse cenário faz com que o modelo seja 05x mais resistente que o vidro comum e, nos raros casos de quebra, se fragmente em pequenos pedaços não pontiagudos, quase anulando a ocorrência de cortes ou outros acidentes sérios.

O que dizem as normas da ABNT

Ainda comentando sobre qual vidro é mais resistente, comum ou temperado, é importantíssimo destacar que não basta considerar somente o grau de resistência de um determinado tipo de vidro, pois é preciso utilizar os vidros corretos para cada aplicação conforme determinam as normas da ABNT. Existem casos onde nem o vidro comum, nem o vidro temperado (sem laminação) podem ser utilizados, pois comprometeriam a proteção dos usuários, como por exemplo:

– Janelas (em fachadas) voltadas para o exterior acima do pavimento térreo, com vidros instalados abaixo de 1,10 m em relação ao piso;

– Fachadas com vidros instalados abaixo da cota de 1,10 m em relação ao piso instaladas acima do pavimento térreo; ou no pavimento térreo dividindo ambientes com desnível maior que 1,5;

– Guarda-corpos;

– Coberturas, marquises, claraboias, telhados e outras estruturas do segmento;

– Pisos, degraus, visores de piscina, etc;

Para enriquecer nossa conversa sobre qual vidro é mais resistente, comum ou temperado, a essa lista acima juntamos as instalações onde seja necessário vidros para retardar arrombamentos ou que exigem resistência ao fogo. Da mesma forma, há aplicações que aceitam os dois modelos de vidro, de modo que a escolha por um ou outro dependerá apenas das exigências do projeto e anseios dos usuários. É o caso das:

– Portas, divisórias, muros ou vitrines, com vidros instalados acima de 1,10 m em relação ao piso;

– Janelas, em qualquer pavimento, com vidros instalados acima de 1,10 m em relação ao piso;

– Fachadas, com vidros instalados acima da cota de 1,10 m em relação ao piso;

Lembramos que, nessas estruturas acima citadas, o vidro comum deve ser encaixilhado ou colado por todo o perímetro. Além disso, é válido esclarecer que existem aplicações onde o vidro temperado é indicado, porém, o vidro comum não. Para melhor esclarecer qual vidro é mais resistente, comum ou temperado, bem como indicar as melhores formas de aplicação, a principal alternativa consiste em procurar consultoria especializada com empresas do ramo. Cuidado para não cometer enganos na escolha do vidro e fazer o barato sair caro!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.