Primary Navigation

5 erros comuns do vidraceiro

Os 5 erros mais comuns na hora da instalação

Saiba nesse artigo os 5 erros mais comuns na hora da instalação – Conhecer os erros mais comuns cometidos na hora da instalação de vidros é de extrema importância para garantir a construção de estruturas envidraçadas seguras, duradouras e funcionais. A escolha dos materiais adequados em conjunto com mão de obra qualificada são elementos primordiais para diminuir os erros mais comuns na instalação de vidros.

É preciso considerar que, apesar de o vidro possuir resistência elevada, o modo de instalação do vidro deve ser realizado com muita técnica e eficiência. Os profissionais envolvidos precisam realizar um estudo profundo do projeto para identificar as necessidades, as opções disponíveis no mercado e a melhor forma de instalar o vidro, considerando ainda os insumos essenciais para evitar grandes folgas, estanqueidade, estética, proteção física, adequação às normas técnicas, etc.

É muito importante destacar que, além de comprometer os quesitos estético e funcional, uma instalação realizada de maneira incorreta coloca em risco a integridade física de muitas pessoas. Afinal de contas, já imaginou o estrago que um vidro solto de vários metros de altura poderia causar?

Erros mais comuns na instalação de vidros

Por esse motivo o artigo de hoje vai abordar os 5 erros mais comuns cometidos na hora da instalação do vidro.

1 – Mão de obra desqualificada

As escolhas para garantir uma estrutura envidraçada funcional e segura começa com o consumidor, que tem a responsabilidade de contratar empresas e/ou profissionais qualificados na instalação de vidros. Optar por equipes desqualificadas é um dos erros mais comuns cometidos na instalação de vidros que pode custar muito caro para os usuários.

Profissionais sem qualificação podem não possuir conhecimento técnico sobre determinada aplicação, o que é capaz de resultar em cenários catastróficos. Arquitetura com vidros é coisa séria, por isso sempre opte por empresas reconhecidas no ramo para evitar os erros mais comuns cometidos na instalação de vidros, como por exemplo:

– Porta de vidro com folga

– Uso de calço para vidro

– Má fixação dos vidros nas esquadrias

– Problemas de estanqueidade

Além disso, opte por empresas com estrutura suficiente para deixar a obra toda dentro das normas regulamentadoras. Essa ação pode evitar diversos outros problemas comuns na instalação de vidros, como veremos a seguir.

2 – Optar por materiais de qualidade duvidosa

A escolha por materiais mais baratos de categoria duvidosa é outro erro comum na instalação de vidros. Como sabemos, os materiais mais baratos tendem a ser de baixa qualidade ou não atendem as exigências das normas, o que interfere também na qualidade final do projeto. Além de problemas funcionais, esses materiais interagem negativamente com a segurança e exigem manutenções frequentes.

3 – Não adequar os materiais às especificações do projeto

Esse é um dos erros comuns na instalação do vidro, geralmente praticados por profissionais sem qualificação. Equipes especializadas são capazes analisar todo o projeto e indicar as melhores opções disponíveis no mercado, considerando o desejo e orçamento do cliente e as necessidades para adequar o projeto às normas regulamentadoras.

4 – Vedação inadequada

Um dos erros mais comuns na instalação de vidro está no momento de realizar a estanqueidade das estruturas quando necessário. Além da experiência profissional, é preciso saber como instalar vidros para escolher os insumos corretos (silicone, borracha) para garantir a boa estanqueidade, conforto e segurança desejada.

5 erros mais comuns na hora da instalação
5 erros mais comuns na hora da instalação

5 – Transporte inadequado

O transporte inadequado dos vidros até a obra é outro erro comum nesse segmento. Pra se ter ideia, sujeiras presentes na rua podem entrar em contato com a superfície do vidro e comprometer toda a sua estética, por exemplo. Também é preciso realizar a amarração do vidro de forma segura para evitar acidentes sérios durante o transporte.

Resumidamente, o transporte deve ser realizado com proteção nas bordas, proteção dos locais que terão contato com o vidro, cavaletes, proteção para as placas de vidro (capa), amarração eficiente, etc.

Conforme observamos, alguns erros mais comuns na instalação de vidros podem partir tanto do consumidor quanto dos profissionais envolvidos no projeto. Por isso é muito importante ficar atento e contar com equipes especializadas para o barato não sair caro no futuro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.