Box de Vidro

 

O barato, geralmente, costuma sair muito caro. Em algumas situações, economizar comprando produtos de baixa qualidade pode significar uma economia falha, pois deixa de garantir características valiosas, como durabilidade e segurança. No caso do box de vidro para banheiro, essa teoria é facilmente perceptível.

Quando os boxes de vidro para banheiro não são fabricados por equipes especializadas, utilizando-se de vidros de qualidade e respeitando todas  as normas de aplicação da ABNT, o box de vidro fatalmente oferecerá riscos aos usuários.

Além dos vidros de má qualidade diminuir a vida útil do elemento, equipes não treinadas podem deixar a desejar na estética final e a não observância das normas pode resultar em acidentes sérios, exemplos de como o barato pode sair caro. Portanto, fique atento para ofertas fora da realidade!

 

Box de vidro – Como instalar


Estudos arquitetônicos prévios definirão o tipo de material a ser utilizado na instalação dos boxes de vidro para banheiro. Geralmente, os vidros são acomodados em perfis de alumínio instalados previamente no chão e parede com o auxílio de parafusos, vedados com silicone. 

Equipes experientes considerarão, por exemplo, uma vedação com silicone antifungos e darão atenção especial ao encontro do azulejo, vidro e alumínio. Além do mais, é preciso escolher o tipo correto de vidro para boxes de banheiro para garantir a segurança de todos os envolvidos sem deixar de aproveitar o máximo das propriedades que o vidro oferece.

Profissionais sérios e especializados retardarão o surgimento de diversos problemas comumente encontrado em box de banheiro, como por exemplo:

  • Porta de box de banheiro travando;

  • Barulho na porta do box do banheiro;

  • Vidro solto (bambo);

  • Infiltrações nas paredes e no chão;

  • Desalinhamento de eixos;

Vale lembrar que, em diversos desses casos pode ocorrer uma tensão atípica, resultando no estilhaçamento da placa de vidro.

Lembrando que de acordo com a NBR 14.207, o box para banheiro é um conjunto onde o vidro e o alumínio devem atender os requisitos da norma, não bastando apenas o vidro estar de acordo.


Tipos de vidro utilizados no box de banheiro


Por questões físicas, os boxes de vidro devem ser compostos pelos seguintes tipos de vidro de segurança:

– Vidro laminado

O vidro laminado é fabricado a partir de duas placas de vidro unidas através de uma lâmina altamente resistente. Os materiais utilizados no vidro laminado garantem resistência elevada do produto, além de uma particularidade singular: O vidro laminado não estilhaça. Ele quebra e trinca apenas, trazendo segurança ao usuário.


– Vidro temperado

Muito requisitado para a composição de box de banheiro, o vidro temperado é considerado um vidro de segurança principalmente por duas características. A primeira está relacionada a sua resistência singular.

A têmpera – procedimento pelo qual o vidro é submetido – expande e resfria o vidro com as moléculas expandidas, atribuindo resistência a chapa de vidro. O vidro temperado é, em média, cinco vezes mais resistente que o vidro comum.

 Além do mais, quando estilhaçado, o vidro temperado se parte em pequenos pedaços de pontas arredondadas não cortantes, segunda razão pela qual ele é considerado vidro de segurança. O ‘problema’ é que o vidro temperado se espalha pelo ambiente e deixa o vão livre, mas essa situação pode ser contornada com a nossa próxima opção.

– Película de Segurança

 

A Película de segurança deve ser instalada do lado externo do box. Segundo a Norma da ABNT as películas devem ser instaladas sob as peças responsáveis pela sustentação do vidro. Devendo ser instalada sob as roldanas nos box de correr e nas dobradiças no de abrir. Sempre respeitando o limite máximo de 5 mm da extremidade do vidro.

A aplicação da película deve ser realizada por profissionais capacitados e devidamente treinados, com a utilização de produtos recomendados pelo fabricante da película.

As películas de segurança possuem um tempo de cura que deve ser respeitado. Conforme a orientação do fabricante da película, a instalação do sistema de sustentação do vidro deve ser realizada após um período mínimo de duas horas.

Não existe obrigatoriedade da película de segurança no box de vidro, podendo o usuário optar ou não pela aplicação da mesma.

 

Normas da ABNT Box de vidro

Fique de olho. Veja o que as normas da ABNT dizem sobre a instalação de boxes de vidro:


– ABNT NBR 14207
– Especifica os requisitos mínimos de segurança para os materiais utilizados no projeto e na instalação de box de banheiro de vidro para uso residencial ou hotéis.

Além das normas de instalação de box de banheiro, é preciso adequar o projeto às normas da ABNT abaixo, que ditam regras para os vidros temperados e laminados:


– ABNT NBR 14698:2001
– Especifica requisitos, métodos e cuidados para garantir a segurança, durabilidade e qualidade do vidro temperado em segmentos como os da construção civil. A norma também estabelece os métodos para classificar o produto como vidro de segurança.

– ABNT NBR 14697 – Estabelece os requisitos gerais para garantir a segurança, qualidade e durabilidade do vidro laminado, além de estabelecer a aplicação do produto em segmentos como o da construção civil e os métodos de classificação do mesmo como vidro de segurança.

Também é importante ressaltar que, tão importante quanto promover a instalação responsável do box de vidro, o usuário deve fazer manutenções periódicas na estrutura toda, como os perfis, roldanas, laminas de vidro, etc.


Recomendações


Recomenda-se fornecer o certificado de garantia do box. No caso de box de vidro temperado com película de segurança, a recomendação é fornecer também o certificado de garantia da película de segurança, com o respectivo código e número de lote para garantir a rastreabilidade do produto.

Trabalhos Bem Feitos

de

de

Não
Existe

de

de